Infraestrutura

Laboratório de Nutrição Animal (LANA)

Responsável: Prof. Dr. Gladston Rafael de Arruda Santos

Área construída de 100 m², totalmente climatizado, composto de sala de pessoal técnico, sala de preparo de amostras, sala de balanças e sala de análises químicas. Equipamentos disponíveis: dois moinhos Wille tipo faca, três estufas com ventilação forçada, duas muflas, três balanças analíticas, uma balança semi-analítica, um medidor de pH, um colorímetro, um conjunto completo de determinação de proteína, um aparelho de determinação de fibra, destilador de água, um freezer.

 

Laboratório de Metabolismo de Aves (LBMA)

Responsável: Prof. Dr. Claudson Oliveira Brito

O laboratório de metabolismo de aves, vinculado ao Núcleo de Estuados Avançados em Avicultura (NEAAVI), está localizado próximo ao Departamento de Zootecnia da UFS.  Com área total de 108 m², dispõe de banheiros masculino e feminino e uma ante sala para manipulação de materiais coletados. Equipados um refrigerador, duas balanças digitais, dois termohigrômetros com data logger e climatizadores que permitem ajustar as condições ambientais em calor ou conforto. A separação dos ambientes (calor x conforto) se faz por divisórias removíveis que permitem transformar o espaço em dois ou um único. Para experimentação o laboratório está equipado com 60 gaiolas de metabolismo distribuídas em 10 baterias. As gaiolas, com dimensão de 60x50x40 cm (CxLxA), são removíveis e possuem comedouros e bebedouros automáticos tipo nipple com copo; cada bebedouro tem reservatório próprio que permite a quantificar o consumo de água por gaiola. Os comedouros e bebedouros, moveis, podem ser alocados em diferentes alturas visando acompanhar o desenvolvimento das aves.

 

Laboratório de Melhoramento e Biotecnologia (LAMEB)

Responsável: Profa. Dra. Ana Paula Del Vesco

                        Prof. Dr. Leandro Teixeira Barbosa

Área construída de 90 m², climatizado, equipado com Ultra-frezer, Termocicladores, balanças analítica, banho-Maria, capela de fluxo laminar, centrífuga refrigerada, cubas de eletroforese, espectrofotômetro, picodrop, e nanodrop, estufa de esterilização e secagem, geladeira e freezer, máquina de gelo, microcentrífuga, micro-ondas,microscópios, PCR tempo real, purificador de água Millipore, transiluminador e fotodocumentador, vortex. Esta infraestrutura permite pesquisas de ponta na área de avaliação genética, nutrigenômica, farmacogenômica e epigenômica, possibilitando a associação dos novos conhecimentos adquiridos com base na genética molecular às mais diversas áreas da produção animal.

 

Laboratório Análise Quantitativa de Produtos de Origem Animal (LAPOA)

Responsável: Porf. Dr. Francisco de Assis Fonseca de Macedo

O Laboratório Análise Quantitativa de Produtos de Origem Animal compreende uma área de 67,93 m². Dividida em dois ambientes, o primeiro encontra-se 10 cabines com dimensões de 70 cm de largura, 58 cm de profundidade e 89 cm de altura, destinadas para a realização de análises sensoriais. O segundo ambiente do laboratório é destinado ao preparo das amostras paras as análises sensoriais, no qual encontra-se uma bancada de 7,55 m, freezers, geladeira, fogão, dois grills e empacotadora à vácuo. Além de banho maria e uma estufa para a manutenção de temperatura das amostras.

 

O Laboratório de Nutrição e Cultivo de Organismos Aquáticos (LANCOA)

Responsável: Profa. Dra. Carolina Nunes Costa Bomfim    

Alocado no Departamento de Engenharia de Pesca e Aquicultura, CCCAA, dispõe de estrutura para elaboração de rações experimentais como Estufa de secagem e circulação forçada de ar; máquina tipo peletizadora; triturador de grãos e forragem; balanças.

 

Laboratório de Tecnologia da Carne (TECNOCARNE)

Responsáveis: Prof. Alfredo Acosta Backes

                          Profa. Dra. Ângela Cristina Dias Ferreira

Área construída de 60 m², climatizado, composto de sala de pessoal técnico, câmara fria de 10m² com aparelho de resfriamento split, um freezer, uma serra fita, mesas para corte de carcaça, uma balança digital com capacidade para 100kg, uma balança de bancada com capacidade para 15kg, dois moedores de carne industrial, um microscópio binocular, um especímetro, um paquímetro e equipamentos gerais como jogos de facas e bacias.

 

Laboratório de Forragicultura (LAFOR)

Responsáveis: Prof. Dr. Braulio Maia de Lana Sousa

                          Prof. Dr. Jailson Lara Fagundes

Área construída de 64 m², climatizado, composto de sala de pessoal técnico, mesas, balança de bancada com capacidade para 15kg, estufa a ar forçado e diversas ferramentas para uso diário no campo.

 

Laboratório de Pesquisa com Animais Não Ruminantes (LABNAR)

Responsáveis: Profa. Dra. Paula Gomes Rodrigues

                          Prof. Dr. Gregório Murilo de Oliveira Júnior

                          Prof. Dr. Claudson Oliveira Brito

O Laboratório de Pesquisa com Animais Não-Ruminantes (LABNAR), vinculado aos setores de avicultura, suinocultura, coturnicultura e cunicultura do DZO/UFS, está preparado para coleta de tecido animal, análises do aparelho reprodur e digestivo e análises de qualidade de ovos. Bem como preparo e leitura de lâminas de segmentos intestinais. Com 60 m² e climatizado, o LABNAR é uma laboratório multiusuário e está equipado com freezers, geladeira, centrífuga, microscópio e material para fazer as colorações Lâminas. 

Laboratório de Tecnologia do Leite e Reprodução (TECNOLEITE)

Responsáveis: Prof. Dr. Veronaldo Souza de Oliveira

                          Prof. Dr. Anselmo Domingos Ferreira Santos 

Área construída de de 50 m², totalmente climatizado, contendo equipamentos como analisador Multiparâmetro para leite – EKOMILK, portátil, Centrífuga de Bancada Universal e Freezer horizontal Brastemp.

 

Laboratório de Fermentação Ruminal (LABFER)

Responsáveis: Profa. Dra. Juciléia Aparecida da Silva Morais

                          Prof. Dr. Alfredo Acosta Backes

No Laboratório de Fermentação ruminal (LABFER) são realizados ensaios “in vitro” de cinética da fermentação ruminal e digestibilidade de dietas ou alimentos de interesse nutricional para ruminantes. O LABFER está localizado no Departamento de Zootecnia em uma área de 60 m² , possuindo: 200 garrafas de vidro tipo penicilina de 120 ml; 1 manômetro digital para aferição da pressão no interior das garrafas; um sistema de inoculação de CO2, compreendendo cilindro de 25 kg e válvulas; 2 estufas de circulação de ar forçado e 1 banho-maria (30L) onde são incubadas as garrafas; 2 balanças de precisão; vidrarias e reagentes necessários para a preparação dos meios de cultura; 1 sistema de medição de gás da ANKOM. O LABFER trabalha em parceira com o LANA para as análises de composição bromatólogica dos alimentos e dos resíduos de incubação, assim como o FrigoSerrano onde é coletado o inóculo ruminal utilizado nas incubações.

Laboratório de Aquicultura, Nutrição de Organismos Aquáticos e Apicultura (LANOAA)

Responsável: Prof. Dr. Jodnes Sobreira Vieira

O LANOAA, vinculado ao Núcleo de Estuados em Aquicultura (NEA), está localizado no Departamento de Zootecnia da UFS.  Com área total de 80 m², dispõe de bancadas secas e molhadas para manipulação de materiais coletados antes, durante e após os experimentos. Equipados um refrigerador, duas balanças digitais, duas estufas, sonda multiparâmetro para análise da água, linha de ar para os aquários e climatizadores que permitem ajustar as condições ambientais em calor ou conforto. Possui duas baterias de caixas d`água, sendo uma com 20 caixas capacidade de 20 l montados em um sistema de recirculação de água para serem utilizadas nos experimentos de digestibilidade onde seu sistema é o de Guelph modificado, a outra bateria possui 20 aquários com capacidade de 65 l montados em um sistema de recirculação de água, essa bateria tem como principal utilização para análises zootécnicas e pesquisas na linha nutrigenômica, todas as estruturas estão alocadas em um ambiente totalmente controlado.

 

Laboratório de Biologia Molecular (LBM) - Embrapa

Tem como objetivo a identificação de polimorfismos (diversidade genética) entre indivíduos de espécies vegetais e animais, bem como de microrganismos de maneira geral.

As análises realizadas são:

- Estudos populacionais;

- Mapeamento genético;

- Identificação de microrganismos;

- Análise de expressão gênica por PCR em tempo real;

- Clonagem de genes;

- Transformação genética de plantas;

- Caracterização dos bancos ativos de germoplasma (BAG).

 

Laboratório de Reprodução Animal (LABRA) – Embrapa

tem como objetivo principal contribuir para o desenvolvimento e aprimoramento de metodologias e práticas biotecnológicas, direta ou indiretamente relacionadas à reprodução de espécies animais de interesse agropecuário, com atuação principal em ovinos, bovinos e peixes.

As principais atividades desenvolvidas no LABRA são:

- Coleta, processamento e conservação de germoplasma animal (sêmen, embriões, oócitos, DNA, tecidos), por meio de refrigeração e congelação para geração de conhecimentos, uso na produção animal ou para a formação de bancos em programas de conservação de recursos genéticos animais (RGA);

- Avaliação da qualidade do germoplasma animal, por meio de análises tradicionais e computadorizadas como: cinética, morfologia, morfometria, viabilidade e fragmentação de DNA dos espermatozoides; integridade, viabilidade e funcionalidade celular por coloração e fixação em montagem úmida e por fluorocromos sob epifluorescência; fertilidade in vitro dos gametas;

- Produção in vitro de embriões (PIVE) de bovinos e ovinos;

- Preparação de tecidos de órgãos reprodutivos para análise histológica;

- Preparação de amostras para extração de DNA e identificação de polimorfismos ligados à reprodução.